QUESTION 1 A system administrator checks the endpoint database and discovers MAC addresses that belong to inactive local nodes. Which description of the retention of the MAC addresses for the local nodes is true? A. After five minutes, the inactive nodes are removed from the local endpoint database of the leaf B. The local database is cleared only when the leaf reboots C. The leaf sends three ARP requests after an 210-451 dumps aging period. The MAC addresses are stored to the local endpoint database aft long as the devices respond to the requests D. After 15 minutes, the inactive nodes are removed from the local endpoint database of the leaf Correct Answer: A QUESTION 2 Which two features are supported for configuration synchronization? (Choose two ) A. port profile B. GEM pre-provisioning C. configurations rollbacks D. feature sets E. FCoE Correct Answer: AB QUESTION 3 Which configuration is needed to extend the EPG out of the Cisco ACI fabric? A. Create external bridged networks B. Statically assign a port to EPG C Apply a policy between the internal and the external EPG C. Extend the tenant subnet of the bridge domain out of the fabric Correct Answer: B QUESTION 4 What occurs when the Cisco ACI fabric receives 220-801 exam multi destination traffic? A. The traffic is forwarded as broadcast traffic B. The traffic is forwarded as multicast traffic C. The traffic is suppressed D. The traffic is forwarded as unicast traffic Correct Answer: B QUESTION 5 You are configuration a group of web servers and you create a contract that uses TCP port 80. Which action allows an external Layer 3 cloud to initiate communication with the EPG that contains the web servers? A. Configure the EPG as a consumer and L3Out as provider of the contract B. Configure OSPF to exchange routes between the L3Out and EPG C. Create a taboo contract and apply it to the EPG D. Configure the EPG as a provider and L3Out as consumer of the contract. Correct Answer: D QUESTION 6 A unicast packet enters into the front panel port of a leaf switch. The leaf switch performs a forwarding lookup for the packet destination IP address and has a miss result Assuming default configuration, which statement about what happens next is true'? A. The packet is sent to the forwarding proxy in the spine switch B. The packet is dropped on the leaf switch C. The packet is sent to another leaf switch within the same bridge domain D. The packet is flooded across the entire fabric 220-901 dumps because it is an unknown unicast. Correct Answer: A QUESTION 7 You have a VSM that experiences a failure. Which two options are results of the failure? (Choose two ) A. CLI access to the virtual switch continues to work without any interruption B. VEM stops working C. Traffic forwarding stops for a short period of time and then continues to work normally D. Traffic forwarding continues to work without any interruption E. VMware vMotion stops working Correct Answer: BE QUESTION 8 What is the retention period for remotely attached endpoint? A. 3 minutes B. 15 minutes C. 5 minutes D. 10 minutes Correct Answer: A QUESTION 9 Which feature of a Cisco Nexus 1000V Servers Switch 220-902 dumps allows you to deploy traffic steering for a virtual infrastructure? A. SOT B. PVLAN C. ACL D. vPath Correct Answer: D QUESTION 10 Refer to the exhibit: For which option is the L3OUT-1 connection used? A. bridge domain BD2 B. private network CIX1 C. private network Network-2 D. bridge domain BD1 Correct Answer: A QUESTION 11 You deploy AVS for Virtual Manager integration and you add a host that has five VMNICs. You must use VXLAN to maximize the load balancing of the traffic inside the fabric. How many VMKNICs must you add?A. 2 B. 3 C. 4 D. 8 Correct Answer: C QUESTION 12 You have a contract between in-band and out-of-band 2v0-621 dumps EPGs. Which two descriptions of this contention are true? (Choose two ) A. Filters apply m the incoming direction only B. Both EPGs must be m one VRF C. Management statistics are available D. Shared services for CPU-bound traffic are supported E. The configuration supports Layer 2 Correct Answer: AB QUESTION 13 Which type of server is needed to provide POAP with a configuration script? A. DHCP B. SCP C. FTP D. TFTP Correct Answer: D QUESTION 14 Which action occurs first when a device that has the POAP feature boots and cannot find the startup configuration? A. The device locates a DHCP server B. The device enters POAP mode C. The device obtains the IP address of a TFTP server D. The device installs software image and a configuration file Correct Answer: B QUESTION 15 Which two options are advantages of VMware AVS instead of a VMware vDS? (Choose two ) A. AVS supports vPath B. AVS supports VLAN C. AVS provides a single point of management for networking D. AVS supports VXLAN E. AVS supports micro segmentation Correct Answer: BD QUESTION 16 Which protocol is used as the link-state routing protocol for a DFA fabric? A. VXLAN B. EIGRP C. Fabric Path IS-IS D. OSPF Correct Answer: C QUESTION 17 You are trouble shooting node discovery issues by using the acidiag fnvread command. Which description of the node status when the CLI output shows a status of Discovering is true? A. The node is decommissioned B. The node ID is configured, but not discovered yet C. The node is discovered, but an IP address is not assigned yet D. The node is discovered, but the node ID policy is 2V0-621D dumps not configured yet Correct Answer: C QUESTION 18 Why should you configure DHCP relay for Virtual Machine Manager integration? A. to create VTEP VMK interfaces on each host for the OpFlex control channel B. to provide IP addresses to ESXi hosts C. to provide IP addresses to virtual hosts through the VXLAN infrastructure D. to ensure that virtual hosts have the same address when they are moved by using VMware vMotion Correct Answer: B QUESTION 19 The behavior of which packet type can be controlled by selecting unicast mode or flood mode in a bridge domain? A. ARP B. unknown unicast C. LLDP D. CDP Correct Answer: B QUESTION 20 Which statement about POAP licensing correctly describes temporary licensing? A. Temporary licensing is invoked by using the license grace-period command B. Temporary licensing is enabled automatically and is valid for 60 days C. Temporary licensing is invoked by using the license Install command D. Temporary licensing is enabled automatically and is valid for 30 days Correct Answer: A QUESTION 21 Refer to the exhibit : You define the port profiles as shown in the exhibit, and then you assign the P10GIG port profile to interface el" Which option is the result of this configuration? A. The speed of the interface is 10 Gbps B. The speed of the interface is 1 Gbps C. The interface uses the maximum speed available for the physical interface. D. The speed of the interface is 100 GbpS Correct Answer: A QUESTION 22 Which two options are benefits of using the configuration synchronization feature? (Choose two ) A. Supports the feature command B. Supports existing session and port profile functionalityC. can be used by any Cisco Nexus switch D. merges configurations when connectivity is established between peers O supports FCoE in vPC topologies Correct Answer: BD QUESTION 23 Which Cisco technology addresses management and 300-085 dumps performance concerns in a data center by unifying physical and virtual switch management? A. VSO B. SVM C. VM-FEX D. AVS Correct Answer: C QUESTION 24 You are deploying L4-L7 services within Cisco Application Centric Infrastructure You need to modify an existing service graph. Where do you configure this? A. under the provider EPG B. on a connector within a service graph C. on a function profile within a service graph D. on a terminal node within a service graph Correct Answer: A QUESTION 25 Which two parameters are part of the Cisco APIC first time setup and must be configured? (Choose two ) A. the fabric node vector configuration B. the LLDP adjacency configuration C. the out of-band management configuration D. the cluster configuration E. the APIC LLDP configuration Correct Answer: CE QUESTION 26 Which component is excluded from a device package ZIP file? A. debug logs B. device-level configuration parameters C. function profile D. device scripts Correct Answer: A QUESTION 27 Which type of discovery is used in the Cisco ACI fabric for automatic discovery? A. ACI B. Cisco APIC C. DHCP D. LLDR Correct Answer: D QUESTION 28 When connecting to an external Layer 3 network, 300-365 dumps which two dynamic routing protocols can be used? (Choose two ) A. RIPv2 B. EIGRP C. VXLAN D. lS-IS E. OSPF Correct Answer: E QUESTION 29 Which option are L4-L7 devices registered as on a Cisco APIC? A. one virtual device B. a cluster C. one physical device D. more virtual devices Correct Answer: B QUESTION 30 A host connected to a leaf switch sends an ARP request By default, what does the ingress switch do with the ARP requests? A. Suppress the ARP B. Send the ARP by using unicast. C. Send the ARP by using a broadcast D. Send the ARP by using multicast Correct Answer: C QUESTION 31 You create a dynamic VLAN pool to be used for Virtual Machine Manager integration On which two other components must you ensure the VLANs m the pool are allowed? (Choose two ) A. AVS B. Cisco Nexus 1000V C. the intermediate switch D. vS witch E. the Cisco UCS blade system Correct Answer: BD QUESTION 32 Which Cisco APlC health score will be affected if an EPG does not have a Bridge Domain associated with it ? A. spine health B. leaf health C. tenant health D. pod health Correct Answer: C QUESTION 33 Refer to the exhibit: Which option describes the results of running the configuration on a Cisco Nexus 9000 Series Switch? A. A schedule'' job named Backup backs up the configuration to a file named backup-cfg. B. A scheduler job named backup-cfg runs daily at 2:00. C. A scheduler job named Backup runs twice dailyD. A scheduler job named Backup runs daily at 2 00 and save the configuration to a file named backup-cfg. Correct Answer: B QUESTION 34 Which type of Embedded Event Manager component pars events with one or more actions to troubleshoot or recover from the event? A. monitor B. action C. policy D. event Correct Answer: C QUESTION 35 You have a network that has three subnets You migrate the network to a Cisco ACI fabric You want to bridge the three subnets without changing the IP addresses of the endpoints The default gateway for the endpoints does not sit on the ACI fabric. Which action must you take to keep the three subnets in a single Hood domain? A. Create multiple bridge domains that have unicast routing disabled within the same EPO Connect the existing subnets to the bridge domains B. Create one bridge domain that has unicast routing disabled and connect the existing subnets to the bridge domain C. Create one bridge domain that has unicast routing enabled and create corresponding subnets inside the bridge domain cissp dumps Connect the existing network to the bridge domain D. Create multiple bridge domains that have unicast routing enabled within the saw EPG Create corresponding subnets inside the bridge domains and connect the existing network to the bridge domains. Correct Answer: B QUESTION 36 You discover that a VLAN is not enabled on a leaf port even though on EPG is provisioned. Which cause of the issue is most likely true? A. Cisco Discovery protocol is enabled m the interface policy group B. A VLAN pool is not defined under the associated physical domain C. The VLAN is not specified in a contract D. An interface policy must define the VLAN pool Correct Answer: B QUESTION 37 Refer to the exhibit: You perform the configuration as shown in the exhibit Which two additional tasks must you perform to deploy EPG on PC . VPC . or Interface? (Choose two ) A. Add the border leaf node to the Layer 2 outside connection B. Create an Attachable Access Entity Profile C. Create a Layer 2 outside connection D. Create a physical domain and a VLAN pool for the physical domain, and associate the physical domain to the EPG WEB E. Extend the VLAN represented by EPG out pi the Cisco ACI fabric Correct Answer: BD QUESTION 38 Which two method does a Cisco APIC supports to connect to the management IP address of a service appliance? (Choose two.) A. out-of-band connectivity to devices in device clusters by using the management VLAN D in band connectivity to devices in device clusters by using the VRF of the tenant B. out-of-band connectivity to devices m device clusters by using the VRF of the tenant C. out-of-band connectivity to devices m device clusters by using the management VRF of the tenant D. in band connectivity to devices m device 1z0-067 dumps clusters by using the management VRF of the tenant Correct Answer: AB QUESTION 39 What occurs when you make an interface a member of an existing VRF m Cisco NX-OS? A. The a VRF-Aware services start to be filtered B. You are prompted to enter an IP address assignment C. All of the Layer 3 configurations are removed D. The state of the interface is changed to down Correct Answer: C QUESTION 40 You need to create and configure a VRF for IP forwarding on a Cisco Nexus Series Switch running in NX-OS. Drag and drop the configuration steps from the left into the correct order on the right. PRINCE2 dumps Not all options are

Blog

ago 2nd

Os 5+: Os posts mais lidos de julho

Posted by with No Comments

Encerrados os festejos juninos e julinos é hora de botar a mão na massa e encarar o último quadrimestre do ano. Para te facilitar nessa empreitada, selecionamos os cinco textos mais lidos em julho sobre comunicação estratégica para você potencializar seus resultados e fechar o ano no azul.

1º  O controverso follow up

Esse é o rei do blog. O texto fala sobre a ação mais importante do relacionamento com a imprensa, pois nesse contato é possível apresentar informações que vão além dos apresentadas no release, como também criar um laço com o jornalista: goo.gl/ZthZys

2º Assessoria de Imprensa para entrar em novos mercados

Às vezes empreender é como jogar War: conquistar territórios ou o mundo. E para ajudar os empreendedores nesta saga, a gente fez este post que conta como a imprensa pode ser sua aliada para alcançar seus resultados comerciais: goo.gl/O2BbFW

3º Case LaPresse: Beer Plus na Mídia

Nada como exemplos práticos para ajudar você a pensar na comunicação do seu negócio. E esse é o segredo de sucesso desse post que conta como conquistamos 15 matérias sobre o Beer Plus em apenas um mês! Confira: goo.gl/lS6awH

4º Como a Assessoria de Imprensa e o Marketing de Conteúdo podem contribuir para seu negócio

Esse é um dos meus textos favoritas. Nele a gente explica a importância de alinhar a Assessoria de Imprensa e Redes Sociais para desenvolver um ciclo completo de nutrição do seu público-alvo: goo.gl/BsXiOP

5º Assessoria de Imprensa na prática

Fechamos a lista com mais um post sobre cases. Neste, apresentamos as estratégias que desenvolvemos para inspirar empreendedores de educação, com o do Estudo ao Vivo, de comportamento, com o Namoro Fake, e de cultura, com o do Livre.Ria: goo.gl/PStozS

Read More
jul 26th

Dicas de inovação em comunicação para seu negócio

Posted by with No Comments

Hoje, eu, você e seu cliente vivemos em um mundo real-digital, pois consumimos produtos e vivenciamos situações concretas no mundo virtual. Tudo isso graças a tecnologia e seus frutos: ecommerces, portais de notícias, redes sociais, aplicativos e o que tem mais por vir. E é claro que isso influencia na estratégia de comunicação para seu negócio. Então, elencamos quatro dicas inovadoras para implementar no relacionamento da sua empresa com seu público-alvo:

1 – Deus ajuda quem online madruga

De acordo com dados do Reuters Institute for the Study of Journalism at the University of Oxford foi se o tempo que as pessoas começavam o dia lendo o bom e velho jornal. Dos países entrevistados essa margem era de no máximo 20%, na Finlândia, quanto a leitura de notícias online – em especial nos dispositivos móveis – chega a 40%!

E como aplicar isso ao seu negócio? Tenha uma versão mobile de seu portal e publique seu conteúdo institucional pela manhã pois é o horário que as pessoas estão mais dispostas a ler. Também não deixe de fora das práticas de assessoria de imprensa os portais e formadores de opinião do seu público na web.

2- As Redes Sociais são as novas agências de notícias

Segundo o Digital News Report 2016, pesquisa com mais de 50 mil internautas em mais de 26 países, 51% apontaram que as redes sociais são sua principal fonte de notícia, ou seja, usam os compartilhamentos de seus amigos como referência de leitura. E dentre os canais, o Facebook é o líder absoluto, com 12% dos entrevistados o apontando como sua rede de notícias principal.

Como isso, você, empreendedor deve: Estar presente no Facebook e também mapear qual rede social é mais interessante para seu negócio: Instagram, Snapchat, Twitter, LinkedIn e Pinterest. No nosso blog você confere as dicas de produção de conteúdo!

3 – Atenção ao Snapchat

Era uma vez um aplicativo para mensagens privadas de adolescentes. Com o volume de 10 bilhões de visualizações de vídeos por dia a plataforma hoje conta com a presença de grandes empresas de mídia como a BBC, CNN, Wall Street Journal e BuzzFeed.

Como implementar? Utilize a estratégia dos gigantes da comunicação e aposte no recurso “Snapchat Stories”, que permite criar vídeos mais longos reunindo fotos e vídeos individuais, cada um com até 10 segundos de duração.

4- Valorize a newsletter  

O Digital News Report 2016 também pontuou que a newsletter são uma das principais fontes de leitura dos internautas, chegando a 20% do fluxo dos leitores nos Estados Unidos.

Como aplicar isso de forma inteligente? Tenha em mente que a função de uma newsletter é nutrir seus clientes sobre o universo do seu negócio, com tendências, repercussão na mídia, dicas e experiências de outros usuários. Inclua esse canal em sua estratégia e aproveite-o para aproximar você de seu público. Nele não há filtros de relevância como as redes sociais e um texto bem escrito e relevante terá um impacto devastador.

Dica de Leitura

Se você quer planejar sua estratégia de assessoria de imprensa, leia este post!

Agora, se já sabe onde quer chegar e deseja apenas potencializar seus resultados, confira nossas dicas e cases de sucesso.

Read More
jul 20th

Case LaPresse: Beer Plus na Mídia!

Posted by with No Comments

Hoje é dia de compartilhar um case de sucesso da LaPresse bem bacana: o do aplicativo Beer Plus, que permite que seus usuários façam seu diário cervejeiro e embarquem em novas experiências com a função ‘comparação’ da plataforma. Desenvolvido por Sidnei Conradt, juntamente com dois investidores, a ferramenta facilita a vida dos cervejeiros que desejam novas experiências neste vasto mundo boêmio.

Lançada a menos de seis meses, o Beer Plus foi destaque na mídia no mês de junho, saindo em veículos tradicionais, como Catraca Livre, Jornal do Commercio e Gazeta do Povo, em jornais voltados para o público jovem, como Divercidade e a Revista da Mulher, e em portais voltados para o público cervejeiro, como Homem Cerveja, + 1 Gole, Querida Cerveja, entre muitos outros! Ao todo, foram 15 publicações na mídia apenas no mês de junho!

“Achamos bem legal que a recepção do app pelos jornalistas e blogueiros foi ótima. O primeiro mês foi surpreendente mesmo”, destacou o CEO do aplicativo, Sidnei Conradt.

Esse resultado matador é baseado em nossa metodologia, que desenvolve para cada cliente uma estratégia sob medida, com produção de conteúdo sobre o negócio que realmente vale como notícia e mapeamento de veículos de maior impacto para alcançar o objetivo de comunicação.

Além disso, a LaPresse também é responsável pela comunicação do Beer Plus diretamente com o público, através das redes sociais, desenvolvendo um trabalho assertivo e com bastante conteúdo no Instagram, Facebook e Blog institucional. “Acreditamos que é muito importante mostrar o que você tem a oferecer ao seu público e uma assessoria ajuda muito a fazer isso de forma correta”, finalizou Conradt.

Beer Plus – Com o design simples, o aplicativo, que está disponível para Android e IOS, permite que seus usuários façam seu diário cervejeiro e embarquem em novas experiências com a função ‘comparação’ do aplicativo. Com mais de 15 mil rótulos nacionais e importados cadastrados, a plataforma facilita a vida de quem gosta de cerveja, disponibilizando as notas dadas pelos usuários, amigos e especialistas, trazendo ainda algumas simplificações de estilos e cores, descomplicando a comparação e decisão na hora de experimentar uma nova cerveja.

Read More
jun 27th

Assessoria de Imprensa para se aproximar de formadores de opinião

Posted by with No Comments

Nossa pausa para refletir sobre comunicação para negócios de hoje terá como tema as formas que sua empresa pode utilizar para se aproximar de pessoas, parceiros e instituições que agreguem para seu resultado.

Em Assessoria de Imprensa, o meio mais eficaz de tocá-los é via mídia tradicional: jornal, revista, rádio e TV. Isso porque os principais especialistas de mercado estão presentes nestes espaços como colunistas ou apresentadores de programas especializados. Exemplos não faltam como Max Gehringer no universo corporativo, Miriam Leitão em economia, Ricardo Amorim sobre negócios e por aí vai. Cada mercado tem seu representante nestes canais. E vamos combinar que não há publicidade que supere a credibilidade de um formador de opinião.

Esse diferencial faz da Assessoria de Imprensa uma ferramenta de Relações Públicas pois cada matéria publicada sobre seu negócio serve para aproximá-lo – e até validar sua expertise – desse público e do seu cliente.

Mas o que esperar de cada canal?

A TV entra como potencializadora pois tem grande entrada nos diferentes públicos e em todo país. O rádio permite uma aproximação mais pessoal do seu público pois o entrevistado tem a liberdade para se expressar com seu próprio discurso. Os jornal tem força tanto nacional quanto regional e seu perfil tradicional agrega credibilidade à imagem da sua empresa. As revistas tocar em mercados específicos, já que são temáticas.

Dica de Leitura

Para repensar sua estratégia de assessoria de imprensa, leia este post!

Agora, se já sabe onde quer chegar e deseja apenas potencializar seus resultados, confira nossas dicas e cases de sucesso.

Read More
jun 17th

Como falar a língua do seu cliente

Posted by with No Comments

– Alô!

-Oi! Tudo bem?

-Quer falar com quem?

-Com o Mário.

-Não tem nenhum Mário aqui. Acho que você ligou errado!

Se você acredita que isso só acontece em ligações telefônicas, está muito enganado! Esse diálogo cortado ocorre todos os dias, do Oiapoque ao Chuí, quando a estratégia comunicação de uma empresa não desperta o interesse do seu público-alvo.

O primeiro passo para não cair nessa cilada é entender que seu cliente não é uma extensão de você, nem um príncipe  encantado, com um amor incondicional à princesa – que é a sua empresa. Ele é uma pessoa, com interesses e necessidades que, quando saciados, levam ao seu engajamento. Para isso, é preciso ter em mente que conteúdo relevante é aquele que vai além das informações sobre o seu produto ou serviço, e mostra sua relação com o mercado e universo do seu público-alvo.

Um exemplo bem bacana foi a campanha da Casa das Cuecas que optou por um casting formado por seis homens reais e um modelo. O intuito da empresa foi atende ao homem moderno que gosta de moda sim! E a marca atende esse desejo, unindo conforto e estilo para todos os tipos de gostos e corpos. Essa estratégia acertou em cheio e fugiu do padrão surreal que o homem não liga para tendências!

Para definir de forma assertiva ‘como’ e ‘onde’ vai investir para se relacionar com seu público é preciso levar em consideração sua faixa etária, escolaridade, classe social e tribo. Um perfil mais tradicional pede uma estratégia focada em meios impressos, já um mais interativo, o online atende bem.

Estudando o comportamento do seu cliente a Starbucks percebeu que poderia adicionar uma experiência além do ato de beber café para seu público, formado por universitários, empresários e profissionais autônomos. Para isso, oferece um ambiente com estrutura e suporte para quem deseja estudar, fazer uma reunião rápida ou fugir do home office. E suas lojas ficam em pontos de fácil acesso para aqueles que desejam dar uma pausa na rotina agitada.

Outra atitude que o empreendedor deve ter é a de monitorar a vizinhança. Mapeie seus principais concorrentes, como eles se posicionam no mercado e os canais de comunicação que priorizam para se comunicar. Assim conseguirá criar um panorama e elencar o que vale aplicar ou não em sua estratégia – mas do seu modo.

Ao fazer essa lição de casa, conseguirá oferecer seu serviço ou produto de forma competitiva e até revolucionar a forma de vender e consumir, impactando as pessoas, sua comunidade e até a economia.

Para saber mais como a Assessoria de Imprensa e o Marketing de Conteúdo podem te ajudar a alcançar estes resultados, fale conosco!

Read More
jun 7th

Top 5: Os posts mais lidos de maio

Posted by with No Comments

Um novo mês começou e com um peso maior que os demais: fechamento de semestre. É hora de analisar os resultados do período, analisar a planejamento anual de 2016 e ver o que deu certo até agora e o que precisa ser melhorado para alcançar os objetivos planejados. E para te ajudar a pensar a comunicação de forma estratégica para seu negócio, compartilho os cinco post mais lidos no nosso blog em maio. Confira a segui:

1º – Como superar a crise econômica via Assessoria Imprensa

Tema mais atual que este não há! O post conta com dicas de como a assessoria de imprensa empresas a monitorar de mercado, impulsionar seus resultados de vendas e até se (re)posicionamento estrategicamente para fazer da crise uma evolução do seu negócio.

Assessoria de Imprensa na prática

Nada como o exemplo para a gente entender melhor um assunto. Por isso, apresentamos três cases de sucesso para você ver na real como funciona nosso trabalho para imprensa regional, nacional e internacional.

O controverso follow up

Aqui você vai entender como funciona essa prática de encantamento de jornalista e como ela é importante para um resultado de alto impacto. Além disso, um follow up bem executado serve de termômetro sobre os assuntos mais interessantes sobre seu negócio.

Como planejar o relacionamento com a imprensa

Resultado em Assessoria de Imprensa vai além de sair no Fantástico ou no Jornal da Globo. Um trabalho eficiente gera o valor que você espera para seu negócio: atingir seu público-alvo – que nem sempre está nos veículos mais glamourosos. E nesse artigo você verá como identificar o que vale para sua empresa.

Como a Assessoria de Imprensa e o Marketing de Conteúdo podem contribuir para seu negócio

Fechando a lista vem este guia rápido de como colocar essa dupla em ação no seu negócio, potencializando os resultados do relacionamento com a imprensa com quem deseja atingir em cheio, alavancando as vendas e demarcando território no seu mercado.

Dicas de Leitura

Para repensar sua estratégia de assessoria de imprensa, leia este post!

Agora, se já sabe onde quer chegar e deseja apenas potencializar seus resultados, confira nossas dicas e cases de sucesso.

Read More
maio 18th

Assessoria de Imprensa para entrar em novos mercados

Posted by with No Comments

Neste dia chuvoso, que como boa carioca tenho a sensação de estar nevando na cidade, rs, venho quebrar o gelo e incendiar sua mente com dicas de como a Assessoria de Imprensa pode contribuir para facilitar a entrada de sua empresa em uma nova região ou suas vendas a nível nacional.

O primeiro passo é entender que cada pedaço do Brasil tem seu próprio código e hábitos locais. Aqui no Rio, por exemplo, vemos a chuva como sinônimo de frio intenso, rs. Por isso, é preciso pensar qual canal comunica melhor com a persona que deseja atingir.

Apesar da internet ser uma grande aliada nesse processo, pois dialoga com todos os públicos, sua audiência e relevância é variável de acordo com o perfil de quem deseja atingir. E é aí que a Assessoria de Imprensa deve apostar em veículos mais tradicionais como jornal e revista. Mas, o que esperar de cada um deles? Confira a seguir:

Jornal: o mais tradicional de todos os veículos agrega credibilidade ao empreendedor e ao seu negócio. Além disso, para públicos mais conservadores, de baixo poder aquisitivo ou dificuldade de acesso à web, este é o de maior impacto. E para quem comercializa produtos, ainda conta com as colunas de produto, que dão sugestões de compras para os leitores, uma ótima oportunidade de dar um gás nas vendas.

Revista: a qualidade do conteúdo somada a sua atemporalidade – afinal circulam em nossas casas, consultórios e ambientes comerciais por meses – são seu grande diferencial. Outro ponto positivo é que, por ser especializada, atinge nichos específicos: negócios, saúde, família, esportes e por aí vai.

Para saber mais como traçar sua estratégia de assessoria de imprensa, clique aqui!

Agora, se já sabe onde quer chegar e deseja apenas potencializar seus resultados, confira nossas dicas e cases de sucesso.

Read More
maio 9th

Como a Assessoria de Imprensa e o Marketing de Conteúdo podem contribuir para seu negócio

Posted by with No Comments

Nós, brasileiros, somos apaixonados pela internet. E o mundo inteiro sabe disso, rs.

Mas, o que poucos empresários sabem é como usar a web a favor dos seus negócios. E motivos para se jogar na rede não faltam: de acordo com dados divulgados na Pesquisa Brasileira de Mídia 2015, cerca de 48% dos brasileiros na rede acessam a webregularmente. Isso faz da internet um dos canais mais eficientes para atrair seu público-alvo, ao conceder entrevistas para veículos que os leitores tenha perfil alinhado ao seu negócio.

Partindo desse princípio, quero compartilhar com vocês sobre como o relacionamento com a imprensa somado a produção de conteúdo focados no universo online podem agregar para seu negócio.

Para essa dupla entrar em ação, o primeiro passo é criar uma cadeia de alimentação na qual os canais de comunicação da sua empresa vão atuar na reverberação dos resultados de Assessoria de Imprensa, como também, na construção e reforço da imagem da marca na mídia, com material que valide a expertise de sua equipe e a excelência de seus serviços e produtos.

Para te ajudar nessa estruturação, seguem quatro dicas valiosas:

*As notícias publicadas na web facilitam o compartilhamento nas redes sociais, o que facilita a alimentação dos seus leads, desde que crie no post um link que leve para seu site.

*Todas as entrevistas que conceder, além de serem compartilhadas nas redes sociais adequadas, devem ser compartilhadas via newsletter. Para um resultado assertivo, segmente seu mailing pois cada matéria interessa para um público diferente.

*Um jornalista, bloggers ou youtubers é visto pelo público com um especialista de credibilidade, por isso, ao falar sobre você, seus futuros clientes vão priorizar seus produtos e serviços na hora da compra.

*Quando você concede uma entrevista e o site de sua empresa é citado em matéria para grandes portais como Exame.com, G1, UOL, IG, Folha, Exame e Valor, a relevância de seu negócio na web aumenta pois eles têm uma ótima pontuação no sistema de busca do Google.
Para saber mais sobre como montar um planejamento estratégico para a sua empresa, leia aqui.
Se você quer bombar na imprensa confira nossas dicas e cases de sucesso.

Read More
maio 2nd

Top 5: Os posts mais lidos de Abril

Posted by with No Comments

No friozinho gostoso que está fazendo aqui no Rio – sim, 20°C é uma geleira para quem é ou tem espírito carioca, rs – nosso TOP FIVE cai como uma luva para ler enquanto você bebe aquele chocolate bem quentinho ou o café para despertar para a vida.

Nossa lista com os posts mais lidos de abril conta com dicas de assessoria de imprensa e marketing de conteúdo, como também explica como fazer da comunicação uma ferramenta de vendas. E o destaque do mês fica para nosso querido Henrique Schmidt que em seu primeiro post já faturou o segundo lugar! Confira a seleção completa:

1º  O controverso follow up: Ele volta para o topo da lista! Nele explicamos como funciona o processo de encantar o jornalista na hora do contato por telefone e a importância desse processo para estreitar a relação com a mídia: goo.gl/ZthZys  

2º Como investir em Redes Sociais: Foco é tudo. E por isso, neste texto, você aprenderá qual resultado pode alcançar com cada rede social e assim, poderá escolher de forma assertiva a mais eficiente para sua empresa: goo.gl/c7Rvil

3º Como superar a crise econômica via Assessoria Imprensa: Mais um post fresquinho do nosso canal. Aqui falamos como o relacionamento com a imprensa pode ajudar seu negócio a passar pela crise com bons resultados: goo.gl/96dQa9

4º Assessoria de Imprensa na prática: Mais um conteúdo que deixa os empreendedores enlouquecidos! Aqui mostramos como desenvolvemos a estratégia de relacionamento com a imprensa nacional e internacional sem perder de vista o objetivo em comunicação de cada empresa: goo.gl/PStozS

5º A comunicação como ferramenta de vendas: O artigo dá dicas valiosas de quais ações de comunicação poderá implementar no dia a dia do seu negócio para alavancar seus resultados comerciais: goo.gl/eCG070

Curtiu? Então, aproveite e saiba mais sobre como a comunicação pode agregar para o crescimento da sua empresa em nossos materiais didáticos:

Ebook ‘Como Planejar a Comunicação‘ , um manual para traçar as frentes de ação em comunicação de sua empresa;

Ebook ‘Assessoria de Imprensa‘, um guia prático para todo empreendedor se aproximar da mídia.

 

Read More
abr 19th

Como superar a crise econômica via Assessoria Imprensa

Posted by with No Comments

por Luana Weitzel

Cortar ou investir? Eis a questão!

A crise política somada à recessão econômica faz com que essa indagação tire o sono dos empresários que: não sabem se ousam para crescer ou se resguardam para manter o mercado. E é neste momento que a assessoria de imprensa entra como aliada tanto daqueles que tem uma visão de mercado tradicional quanto daqueles que querem voar mais alto.

Apesar dos caminhos serem bastantes distintos – uma de ataque e outra de defesa – é possível alcançá-las desenvolvendo ações de relacionamento com a mídia em três frentes: monitoramento de mercado, impulsionamento dos resultados de vendas e (re)posicionamento estratégico.

Novas Oportunidades

Eleja os cinco canais de comunicação, tanto da imprensa tradicional quanto bloggers e vloggers, mais importantes para o público que deseja atingir e acompanhe as matérias do seu setor de atuação. Assim, terá um panorama de como seus concorrentes se posicionam, as inovações de mercado, novos entrantes e até oportunidades de negócios. Com isso, a empresa pode (re)pensar seu posicionamento, reforçar seus diferenciais na comunicação e identificar os conteúdos mais relevantes para a imprensa.

Vendas

Definida as metas com sua equipe comercial – lançamento de produtos, entrada em uma nova região ou aumento de vendas de um determinado serviço -, transforme-as em notícias. Como? Se uma empresa quer aumentar as vendas do sacolé de goiaba, pode-se divulgar na imprensa um release sobre os benefícios do consumo da fruta e na sua versão do produto. Depois das matérias publicadas, transforme-as em ferramentas de vendas.

(Re)Posicionamento

Independente de sua estratégia ser de crescimento ou de manutenção do mercado, o foco será em espaços que falem sobre negócios e gestão. O que vai mudar é a forma como irá abordar textualmente a imprensa.

Para as empresas que precisaram se readaptar a uma nova realidade de mercado, é preciso apostar em temas que validem positivamente essa decisão, pontuando as oportunidades do segmento e o olhar visionário de seus gestores. Isso mostrará que foi uma decisão estratégica.

Se for mostrar que seu negócio tem a excelência dos gigantes do setor, foque em temas sobre a boa performance da sua empresa. Também utilize a expertise dos heads de cada área de seu negócio para oferecê-los como especialistas para veículos relevantes no seu segmento.

Olha fora da caixa

Para ajudá-lo a sempre pensar na Assessoria de Imprensa uma ferramenta estratégica em seu negócio, vou parafrasear o mestre Bruce Lee, para que tenha em mente que o relacionamento com a mídia é “como a água que abre caminho através das pedras: não se oponha ao obstáculo; contorne-o!”.

Conheça mais as possibilidades em Assessoria de Imprensa com nosso ebook: http://materiais.lapresse.com.br/assessoria-imprensa-para-startups

Até mais!

Read More
jun 15th

A comunicação como ferramenta de vendas

Posted by with No Comments

Por Luana Weitel

Então é junho, e o que você fez? A cena econômica atual não está fácil e muito do que se planejou não foi executado. E para todo empreendedor só existe um lema: vender como se não houvesse amanhã para superar esse período de recessão. E a comunicação pode ajudar – e muito – a potencializar seus resultados.

Para isso, é preciso implementar no processo de vendas ferramentas tecnológicas, como plataformas de CRM, publicidade online e pós-vendas, associadas às práticas de marketing através da assessoria de imprensa, relações públicas e produção de conteúdo. Mas, calma, que vou te dar dicas de como utilizar o relacionamento com a imprensa, formadores de opinião e seus clientes para ultrapassar suas metas comerciais:

  • Para se tornar ‘entrevistável’ deixe seus contatos comerciais acessíveis em seu site e na página de sua empresa nas redes sociais;
  • Publique no seu blog institucional novidades como a entrada em novas praças, desempenho, parcerias e prêmios. Tudo com cunho informativo e não comercial para atrair e nutrir os jornalistas.
  • Mantenha seus perfis sociais atualizados pois você é personificação da sua empresa. Se falar que pode ser o primeiro contato de seus futuros clientes contigo;
  • Destaque as publicações sobre você e seu negócio em sua home page e as compartilhe nas redes sociais para que a imprensa e seus clientes saibam mais sobre sua visão empreendedora e seu negócio;
  • Defina uma periodicidade de postagem adequada a sua rotina e priorize as redes socias de acordo com o seu negócio: Facebook para trabalhar o branding, Twitter para atingir formadores de opinião, Linkedin para B2B e Instagram para produtos e serviços visuais como moda, beleza e gastronomia.
  • Use encurtadores de link para medir quais assuntos que publica nas redes sociais e são mais lidas por seu público;
  • Posicione-se sobre os assuntos e evite replicar conteúdos. O consumo de conteúdo hoje valoriza o olhar pessoal do autor sobre o tema. Além disso, texto autorais geram leads de qualidade;

 

Para conhecer melhor as práticas de comunicação para seu negócio baixe nosso withepaper ‘Como Planejar a Comunicação da sua Startups em 2015’, um guia para auxiliar os empresários a traçar a melhor estratégia de comunicação para sua empresa: Assessoria de Imprensa, Relações Públicas e Marketing de Conteúdo.

Até a próxima!

*Luana Weitzel é fundadora da LaPresse Comunicação e membro do comitê nacional da Rede Alumni do Programa 10,000 Mulheres do Banco Goldman Sachs em parceria com a Fundação Dom Cabral

 

Read More
jun 8th

Top 5 LaPresse: os posts mais lidos de maio

Posted by with No Comments

Por Yngrid Volkenandt

Já estamos na metade do ano e é hora de analisar o que foi realizado e os resultados do que planejou para 2015. Para te dar uma força a fazer da comunicação uma ferramenta estratégica para seu negócio entrar nos eixos, compartilhamos a lista dos posts mais lidos por empresários em nosso blog:

1º. Nós na Exame: Contrariando o ditado que em ‘casa de ferreiro o espeto é de pau’, emplacamos nossa CEO e diretora de jornalismo, Luana Weitzel, na Exame.com. Em nosso blog, ela fala sobre sua relação com o trabalho-família e o legado que deseja deixar para nosso little boss: goo.gl/Hh0wCq

2º. Reduza na Mídia: Contamos o case de um dos caçulinhas de osso portfólio, o Reduza, que em um mês conquistamos nove espaços. Ficou curioso? Leia na íntegra: goo.gl/CAHsW0

3º. O controverso follow up: Esse post, pela terceira vez consecutiva figura em nossa lista. Nele falamos sobre uma das técnicas mais debatidas entre os profissionais de comunicação: o follow up, que é quando o assessor conversa com o jornalista, por telefone, para converter o release em matéria: goo.gl/RXv3wr

4º. Cases de Sucesso: a Assessoria de Imprensa na Prática: Outro texto nosso que deixa os empreendedores enlouquecidos! E é por isso que está pela quarta vez seguida entre os mais lidos do nosso blog. O post apresenta os resultados em assessoria de imprensa que desenvolvemos para o Estudo Ao Vivo, Namoro Fake e Livre.Ria. Além disso, explica como desenvolvemos a estratégia de relacionamento com a imprensa, sempre focado no objetivo em comunicação de cada negócio: goo.gl/PStozS

5º. “Saí na mídia!”: o clipping como ferramenta comercial: Acreditamos que o clipping vai além de uma mética de vaidade. E nesse texto contamos como o empresário pode transformá-la em uma potente ferramenta comercial: goo.gl/hQqoHF

Para colocar todo esse conhecimento em prática, acesse nosso material didático:

E-book “Assessoria de Imprensa para Startups”, um manual sobre com as melhores práticas de relacionamento com a imprensa para negócios digitais e pequenas e médias empresas.

Whitepaper “Como Planejar a Comunicação de sua Startups em 2015”, um guia para auxiliar os empresários a traçar a melhor estratégia de comunicação para sua empresa: Assessoria de Imprensa, Relações Públicas e Marketing de Conteúdo.

 

 

*Yngrid Volkenandt é jornalista e sócia da LaPresse. Aqui ela cuida de todo relacionamento com nossos futuros e atuais clientes.  

Read More
maio 28th

Conheça nossa lista completa de clientes

Posted by with 1 Comment

A paixão por empreendedorismo e jornalismo nos fez criar uma metodologia focada em resultados alinhados ao plano de negócios de cada cliente. E esse trabalho artesanal em comunicação que fazemos para cada negócio nos rendeu clientes dos mais diversificados mercados, como também de diferentes partes do Brasil e até da Europa, com a startup Habitissimo. Abaixo listamos nosso portfólio:

Anjos do Brasil (www.anjosdobrasil.net)

A Anjos do Brasil é uma organização sem fins lucrativos que busca fomentar a cultura do investimento anjo em todo o Brasil. Compartilhando experiência e conhecimentos com empreendedores, a organização cria uma rede de relacionamento, com alto potencial de impacto em aporte financeiro e intelectual.

Cinequanon Cultural (http://www.cinequanoncultural.com/)

É uma agência de comunicação e soluções inovadoras que utiliza a economia criativa para influenciar vidas e empoderar comunidades e grupos em situação de vulnerabilidade. A empresa gera projetos com propostas interativas através da combinação de tecnologia, arte e design, com o intuito de redefinir a forma como interagimos com a informação e conteúdos.

Elo Concursos (eloconcursos.com.br)

Com mais de 11 mil alunos atendidos, a plataforma especializada em preparatórios para concursos públicos permite que o aluno interaja e tire suas dúvidas ao vivo com os professores, em um modelo de aula mais dinâmico do que no tradicional ensino à distância. A dinâmica das aulas é focada no edital de cada concurso, com questões da banca e todos os professores recebem treinamento para aumentarem o nível de aprovação de seus estudantes.

Exato Vestibulares (exatovestibulares.com.br)

Com mais de dois mil usuários, a plataforma oferece preparatório intensivo para o vestibular com aulas ao vivo e acesso a todo conteúdo já ministrado, o sistema tem índice de aprovação acima de 95% e nas principais universidades do país como USP, Unicamp, UFRJ, UFBA e UnB, em cursos concorridos como medicina, engenharia e direito.

– Fundepar (http://fundepar.ufmg.br/)

Criada pela Fundep, a empresa de investimentos tem como objetivo apoiar pesquisas e ideias que nascem na Universidade e dar o suporte necessário para que essas ideias possam ser pesquisadas, trabalhadas e elaboradas para chegarem até o mercado. A empresa aporta recursos próprios no valor de R$ 5 milhões em projetos de professores, pesquisadores e alunos.

Habitissimo (www.habitissimo.com.br)

Considerada uma das 100 melhores startups da Europa pelo pelo Red Herring Top 100, premiação que destaca startups de alto impacto nos continentes da Ásia, Europa e Américas, a espanhola Habitissmo chega ao Brasil com a proposta de otimizar o processo de contratação de profissionais de confiança para reformas e obras domésticas. A ideia é conectar a oferta e a demanda do setor de obras, reformas e serviços domésticos de forma descomplicada.

Jurídico Correspondentes (juridicocorrespondentes.com.br)

Software que auxilia departamentos jurídicos, escritórios de advocacia e de logística jurídica a encontrarem correspondentes jurídicos qualificados – advogados, estagiários e bacharéis em Direito – em mais de 9 mil localidades do país. Há dois anos no mercado e com mais de 94 mil diligências realizadas, a ferramenta ajudou escritórios jurídicos e seus clientes a economizar mais de R$ 120 milhões, com suporte jurídico qualificado e com ótimo custo-benefício

– Livre.Ria (www.facebook.com/pages/LivreRia/617086511648407)

Visando fomentar a prática da leitura em espaços públicos do Rio de Janeiro, o Livre.Ria leva a experiência da literatura ao ar livre. Atrás da iniciativa está a Diálogo Urbano, empresa especializada em ativação de marcas, dos sócios Luiz Calvão e Bárbara Soledade.

Namorofake (www.namorofake.com.br)

O Namorofake é uma plataforma que oferece ao público a possibilidade de contratar uma ficante, ex ou namorada(o) falsa(o) para exibir em seu perfil do facebook. A empresa garante a confidencialidade tanto para o usuário quanto para as candidatas e candidatos ao relacionamento fake. Criada em janeiro de 2013, a startup mobilizou os usuários da rede social espalhados por todo o Brasil e mundo, alcançando mais de 85 mil acessos diários.

Onda Verde (www.ondaverde.org.br)

A paixão pela Mata Atlântica e Baixada Fluminense levou o ambientalista Hélio Vanderlei a criar, em 1994, na cidade de Nova Iguaçu, a Onda Verde, instituição que atua em parceria com universidades, iniciativas públicas e privadas para o desenvolvimento de atividades de pesquisa e diagnóstico socioambiental, proteção de espécies e de ecossistemas em risco, fomento de modelos alternativos de proteção e uso dos recursos naturais. A entidade também atua na capacitação e desenvolvimento de entidades parceiras, disseminação de resultados por meio de educação ambiental, políticas ambientais e comunicação.

– Santini, Falleiros & Souza (http://santinifalleiros.com.br)

Especialistas em direito imobiliário, trabalhista e civil, localizados na Cidade de São Paulo, os sócios-fundadores Luís Fernando Falleiros, Luís Guilherme de Souza e Lawrence Santini, juntamente com sua equipe de advogados, já atenderam centenas de casos referente a atrasos na entrega, cobranças indevidas, entre outros.

Start You Up (www.startyouup.com.br)

Pioneira no Espírito Santo, a Start You Up é uma aceleradora voltada para startups em estágio pre-seed – inicial. O investimento em cada negócio é de até R$ 50 mil e o percentual cedido para a instituição gira em torno de 10%. Em seu programa são otimizados os processos de dez empresas durante um ano e conta com time de elite, formado por mentores brasileiros e especialistas do Vale do Silício, Inglaterra e Dinamarca.

Psicolink (http://psicolink.com.br/)

Plataforma que conecta pacientes e psicólogos a qualquer hora e em qualquer lugar. A empresa oferece  infra-estrutura completa de um consultório psicológico online com 100% de confidencialidade de toda a informação, psicólogos com CRP ativo e com especialização nos mais variados tipos de assuntos.

Talita Lombardi (www.startupstars.com)

A especialista em vendas thinking, Talita Lombardi, é blogueira dos sites Startup Stars (www.startupstars.com), especializado em empreendedorismo e startups, e do Menina Executiva (www.meninaexecutiva.com), voltado para o universo empreendedor feminino.

 

Read More
maio 7th

Nós na Exame.com

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel

Acredito no amor e no poder que ele tem em mover as coisas. Por isso, amo tudo que faço e sou. Por tê-lo como combustível levo com sorriso no rosto durante toda a minha tripla rotina de empreendedora, diretora de jornalismo e mãe. Porque não tem como dividir a vida pessoal e profissional, pois elas se correlacionam na pessoa que é você. E na entrevista que dei para a Exame.com sobre o legado que quero deixar para meu filho Lucas, disse sem titubear: “dinheiro só traz felicidade quando se ama o que se faz. E isso pode ser desde ministrar aulas a gerenciar uma multinacional”. Simples assim!

Mas, toda mãe  – e ser humano também  – se questiona em como transformar esse discurso em prática. Bem , o que funcionou para mim foi envolver o Lucas no meu dia a dia. Desde quando ele era pequenininho, ia comigo para o escritório, escaneava os clippings dos jornais e revistas do fim de semana, e por aí vai. Hoje, com nove anos, a parceria ainda é maior, a ponto dele chamar a minha atenção quando saio sem meu bloquinho e caneta, revisar meus releases quando os faço de casa e lermos revistas e jornais juntinhos. Essa troca e cumplicidade serviu de inspiração e hoje ele sonha e planeja ter seu próprio negócio: um empresa de desenvolvimento de games.

E quando a jornalista me perguntou quais lições de empreendedorismo eu queria deixar de herança para o Lucas, elenquei meus três princípios empreendedores:

1. Dinheiro traz felicidade quando se ama o que se faz. E isso pode ser desde ministrar aulas a gerenciar uma multinacional.

2. Estimule, prepare e empodere as pessoas ao ser redor – sejam amigos, colegas, equipe ou funcionários – porque ter ao seu lado gente qualificada te permitirá ir mais longe e com maior autonomia.

3. Escolha seu time pelo caráter e não pela qualificação. Uma pessoa com o espírito complementar e a formação adequada dá ótimos resultados. Já alguém sem caráter dá defeito, mais cedo ou mais tarde.

Foi com esses princípios que enfrentei e superei obstáculos à frente da LaPresse, empoderei cada funcionário que passou pela gente e criei ao lado da minha sócia a filosofia baseada na ética e respeito com nossos clientes, parceiros e assessores – que chamo de filhos, rsrsrs. No fim, como sempre digo é o amor que nos move.

Quer saber mais sobre minha visão empreendedora? Leia minha entrevista para o  Startups Stars e meu artigo sobre mulheres empreendedoras.

Até a próxima!

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

 

Read More
maio 6th

Top 5 LaPresse: os posts mais lidos de abril

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel

Parece que foi ontem que 2015 começou e já fechamos o primeiro quadrimestre. Então vamos colocar a mão na massa com mais pressão porque como disse o escritor e empreendedor Mark Victor Hansen: ‘Dinheiro não faz uma ideia. Uma ideia faz dinheiro’. E para te ajudar nessa saga listo o ‘Top Five’ de nosso blog, com os artigos mais lidos pelos empreendedores em abril:

1º. Empreender para Transformar Vidas: O texto da minha querida sócia, Yngrid Volkenand, fala sobre o prazer de trabalhar com causas que estão alinhadas com seus princípios. E conta o trabalho incrível que a ONG Onda Verde faz na Baixada Fluminense, uma região carente aqui de nosso estado, Rio de Janeiro,  conscientizando a população sobre os princípios de sustentabilidade e formando mulheres para serem empresárias de sucesso.

2º. O controverso follow up: Pela segunda vez consecutiva este post figura em nossa lista. Nele falamos sobre uma das técnicas mais debatidas entre os profissionais de comunicação: o follow up, que é quando o assessor conversa com o jornalista, por telefone, para converter o release em matéria. Explicamos como prática executa-lo corretamente e assim criar um laço de parceria e confiança com a imprensa.

3º. Cases de Sucesso: a Assessoria de Imprensa na Prática: Este artigo está pela terceira vez seguida entre os mais lidos pelos empreendedores. Nele apresento os resultados de relacionamento com a imprensa que desenvolvemos para o Estudo Ao Vivo, Namoro Fake e Livre.Ria e explico como desenvolvemos a estratégia em assessoria de imprensa, sempre focada no objetivo em comunicação de cada negócio.

4º. Start-Up Brasil e a maturidade de seus heróis: Mais um texto da Yngrid Volkenandt. Neste, ela fala sob a óptica de mentora, sobre o impacto do programa de aceleração Start-Up Brasil, para o ecossistema brasileiro startups e a evolução dos projetos e empreendedores no decorrer desses anos.

5º. Como planejar o relacionamento com a imprensa de sua startup: Esta é a segunda vez que este post figura na lista. Aqui explico sobre como planejar um relacionamento eficaz de sua startup com a imprensa.

 

Até o próximo post!

 

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

 

Read More
maio 5th

Reduza da mídia

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel

Hoje é dia de compartilhar um case bem bacana com vocês, o do Reduza, startup criada pelos empreendedores Amador Gonçalves, Alessandro Fontes e Lucas Pelegrino, que entrega o menor preço aos clientes de e-commerce através de descontos, cupons e promoções de forma rápida, simples e totalmente gratuita. “Para as pessoas que já sabem o que e onde vão realizar a comprar, bastar copiar o link do produto, colar no site ‘www.reduza.com.br‘ e clicar em ‘Reduzir Preço’, e para quem não sabe o que ou onde comprar, basta fazer uma busca cuidadosa pelo produto desejado,” explica Alessandro Fontes.

A plataforma, que é uma das caçulinhas de nosso portfólio, foi notícia em nove espaços no mês de abril. A lista de clipping conta com os principais e mais respeitados veículos de comunicação do país como a Exame.com, Info, Catraca Livre, InfoDowloads e InfoMoney. Para ler todas as matérias na íntegra, basta clicar aqui: goo.gl/KWvZxg 

Esse resultado matador é baseado em nossa metodologia que desenvolve para cada cliente uma estratégia sob medida, com produção de conteúdo sobre o negócio que realmente vale como notícia e mapeamento de veículos de maior impacto para alcançar o objetivo de comunicação. Para conhecer outros cases de sucesso da LaPresse, acesse o post ‘Cases de Sucesso: Assessoria de Imprensa na Prática’.

Para saber mais sobre o Reduza: lançada em fevereiro deste ano, a startup foi desenvolvida com o intuito de manter o comércio eletrônico aquecido. E conseguiu, pois, já no primeiro mês de funcionamento, a startup conquistou mais de 2.500 usuários. Atualmente, conta com um portfólio composto por grandes varejista do comércio online como o Walmart, Ricardo Eletro, Hotel Urbano, Centauro, Netshoes, Portal Educação, Submarino, Extra, Novo Mundo, Americanas, Shoptime, Ponto Frio, Lojas MM entre outros.

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

Read More
fev 13th

Top 5 LaPresse: os posts mais lidos de janeiro

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel*

 Nessa pausa momesca eu já tenho uma seleção de quatro livros para ler, os temas permeiam por artes visuais, ficção, biografias e claro, negócios! E para aqueles que como eu, vão dividir seus dias entre praia, protetor, folia e muita leitura, selecionamos o nosso top five com os textos mais para devorados por nossos leitores empreendedores:

  1.  Desafios de Empreender em Comunicação :  explica as inovações que a tecnologia trouxe ao mercado de comunicação , facilitando o relacionamento da imprensa com os empreendedores e como as empresas do setor podem utilizar isso a seu favor nessa nova dinâmica.
  2. Comece: o primeiro de nossa semana comemorativa pelo quarto ano da LaPresse, tem um sabor para lá de especial pois conta como a empresa nasceu, nossa filosofia de trabalho, clientes e resultados.
  3. Leis básicas para planejar as ações em comunicação: um guia básico para auxiliar o empreendedor a montar sua estratégia de comunicação, definir seu objetivo, frente de trabalho e métricas de resultados. Tudo isso sem mimimi.
  4. Cases de Sucesso: a Assessoria de Imprensa na Prática : apresentamos exemplos de estratégias de relacionamento com a imprensa nacional e internacional que desenvolvemos para startups, pequenas e médias empresas, das áreas de cultura, educação e comportamento.
  5. Marketing Inbound: como pensar o que é relevante: aqui você tem o caminho das pedras para criar seus conteúdos, ajudamos a definir que tipo de informação é importante para seu público e assim, alcançar seus objetivos em comunicação.

 

Boa leitura!

 

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

Read More
fev 11th

Sete dicas para tirar seu planejamento de comunicação do papel

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel*

 

O recesso de carnaval está chegando, mas, a mente empreendedora não para. Até nos momentos de lazer a gente tem insights de negócios, melhorias nos processos, novos mercados e por aí vai… E para te ajudar a aproveitar o ócio criativo dos próximos cinco dias, criei uma lista com sete atitude para te ajudar a tirar suas ideias do papel. Então, força na peruca e pé na tábua:

  1. Alinhe seus objetivos de comunicação com a sua estratégia de vendas e não terá erro! Assim, todas as sua ações estarão focadas no seu comercial. Mas, lembre-se que seus leads e clientes não consomem anúncios e sim conteúdo relevante;
  2. Envolva as áreas de marketing, comercial e produto/serviço no processo. Eles são seu canal direto com o público e te darão feedback valiosos de como sua empresa é vista pelos clientes;
  3. Eleja o que  é prioridade para o estágio do seu negócio. Assessoria de Imprensa é para quando se tem produto validado e público definido. Já o marketing de conteúdo vale para a fidelização de seus clientes atuais e a captação de novos. E Relações Públicas se tiver como foco o branding;
  4. Faça de suas redes sociais a vitrine de sua empresa, compartilhando rposts das páginas oficiais de seu negócio, entrevistas que concedeu para mídia e artigos de sua autoria. Além de gerar oportunidades de negócios, fortalecerá sua rede de contatos;
  5. Crie um cronograma de ações com o que será realizado, quando, quem é o responsável  e o status. Assim poderá analisar o retorno de cada atividade desenvolvida e elencar o que funciona com seu público;
  6. Dispa-se das métricas da vaidade e selecione o melhor canal de relacionamento  para atingir seu objetivo em comunicação, que pode ser uma rádio comunitária, uma sessão de degustação em um minimercado ou uma ação de marketing viral no youtube. O que importa não é o tamanho da ação e sim o impacto no público certo!
  7. Resultados estão ligados à continuidade, ou seja, escolhida a área que vai focar seus esforços realize as ações com periodicidade para colher frutos. O sucesso de uma ação não está no retorno rápido para sua marca e sim o quanto ela mantém viva a presença de sua empresa na mente de seu público-alvo.

Agora bote o corpo para mexer na folia e a mente para refletir sobre seus próximos passos.

 

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

Read More
jan 27th

Entrevista LaPresse: Ideation Brasil

Posted by with No Comments

O crescente interesse de jovens sobre empreendedorismo fez com que os estudantes de engenharia civil, Alexandre Muller, e de engenharia de produção, Danilo Roselli, lançassem o Ideation Brasil. A iniciativa busca unir o aprendizado teórico com a imersão prática, fomentando entre os universitários brasileiros a cultura de startup. Em entrevista ao Blog da LaPresse, Muller conta como se lançou nesta empreitada e o que espera do projeto para daqui a dois anos.

1) Como surgiu a ideia?

A Ideation Brasil foi criada a partir da nossa experiência em intercâmbio pelo programa Ciências sem Fronteiras, na Califórnia. Em meio à experiência intensa no universo do empreendedorismo, conciliamos o aprendizado teórico, através de aulas como Empreendedorismo Global e Tecnológico, com participação prática em inúmeros eventos e competições. Desejamos com a Ideation gerar oportunidades semelhantes aos universitários brasileiros. Assim, nosso primeiro projeto é a competição “Sua ideia na prática”, desenvolvida com base no modelo das melhores universidades da Califórnia. Tivemos, no segundo semestre de 2014, competições em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Florianópolis e Brasília.

2) Como é a cultura e o ambiente de trabalho?

Hoje somos um time de 5 pessoas: 2 founders e 3 estagiários. Todos têm grande autonomia para criação e para colocar suas ideias em ação. Não temos horário de trabalho definido, somos adeptos da cultura de resultados.

3) Qual foi o maior desafio no começo de sua carreira?

Nosso maior desafio com certeza foi a distância. O fuso horário de quatro horas entre a Califórnia, local onde nasceu a Ideation, e o Brasil, local onde as atividades acontecem, fez com que vários empecilhos surgissem. Além disso, toda a formação dos times organizadores das competições em cada cidade, que hoje conta com 31 membros, aconteceu de forma online, via Skype e Google Hangout.

logoIDEATIONsitelapresse

4) Qual é a estratégia da Ideation Brasil e numa escala de 0 a 10, como você classificaria seu grau de contentamento com o seu empreendimento? Há objetivos maiores para a empresa alcançar?   

Nossa estratégia é gerar experiências práticas para os universitários a fim de formar jovens capacitados a empreender. Já na escala eu diria 8, atingimos alguns resultados legais em termos de alcance. Porém, temos grandes objetivos ainda que estão só começando a serem atingidos! Temos muito trabalho pela frente para 2015.

5) Qual é o problema ou a necessidade de mercado que a  Ideation Brasil vai solucionar?   

Acreditamos que o empreendedorismo universitário brasileiro necessite de inúmeros projetos e iniciativas como a Ideation. Segundo pesquisa realizada pela Endeavor com mais de 7.000 universitários, 60% desejam empreender. Porém, pouco mais de 20% começam a executar suas ideias. Ou seja, há um gap que precisa ser diminuído, o que identificamos como uma oportunidade.

6) Como você vê a Ideation Brasil em dois anos? Tem potencial de crescimento?

Temos um enorme potencial de crescimento. Há um gap muito grande em relação ao conteúdo de empreendedorismo universitário e também há muitos jovens interessados em consumi-lo. Vejo a Ideation daqui há dois anos com ações em todos os estados brasileiros e impactando um gigante número de alunos.

 

Read More
jan 23rd

Relações Públicas no mundo real

Posted by with No Comments

Por Luana Weitzel*

Milton Nascimento já cantava: ‘Brasil, você é lindo! 500 anos te descobrindo’. Se demorou tanto tempo para desbravar nossas terras, que dirá para conhecer as inúmeras realidades e estágios de negócios em nosso país. Mas, a cada palestra que dou sobre comunicação, vou conhecendo um pouco mais as dúvidas dos empreendedores em comunicação. E, na última quinta-feira, quando falei sobre ‘Comunicação para PMEs’ no I Encontro de Mulheres que Decidem RJ, teve uma questão levantada pelas empreendedoras que me tocou bastante: Como desenvolver ações de RP offline?

Como a gente já comentou por aqui, para as ações de relações públicas tem como objetivo encantar a persona do seu objetivo em comunicação que, de acordo com a sua meta, vai gerar resultados em vendas, aproximá-lo de seus parceiros ou te posicionar entre os líderes de mercados. E alcançá-los depende de sua estratégia e não do meio que irá utilizar – online ou offline.

O primeiro passo para você delinear suas ações em Relações Públicas fora do mundo web, é definir em quais desses três perfis seu negócio se encaixa: B2B, para soluções que atendem empresas, e o B2C, para negócios voltados para o usuário final, ou seja, nós, meros consumidores, e B2B/B2C, aqueles que resolvem a vida de ambos.

B2B

Para esse público, aposte na interação. Então, foque suas energias em atividades que mostrem como seu negócio resolve os problemas de seu cliente, mas, sem ser comercial, hein! Para isso, apóie e patrocine eventos voltados para seus clientes, compartilhe seu conhecimento por meio de palestras e mentorias e frequente eventos de networking para seu mercado de atuação.

B2C

A experiência do usuário é a palavra de ordem. Então, aposte em ações que seus público crie boas sensações internas. Por exemplo, se você atua na área de beleza, pode realizar um Whorkshop sobre automaquiagem e suas futuras clientes vão sentir segurança em seus conhecimentos para contratá-lo. Quem é da área de gastronomia, pode compartilhar pequenos truques de cozinhas em suas sacolas de viagens ou embalagens. Também vale participar de eventos e campanhas que expressem a filosofia de sua empresa para seus consumidores.

B2B/B2C

Não é porque a língua portuguesa e o espanhol vieram do latim que podemos viajar para a Argentina sem precisar aprender o idioma. Então, personalize as ações de RP para cada público seguindo as regras que já foram apresentadas. E vai uma dica: crie um cronograma de atividades foque em cada frente em um período distinto. Quanto mais centrada for sua estratégia, melhores os resultados.

Agora que já tem as ferramentas básicas, trace seu plano e mãos à obra!

*Luana Weitzel é jornalista com especialização em negócios pela Fundação Dom Cabral e CEO da LaPresse Comunicação

 

Read More